Filme que vi: Antes que eu vá





Sinopse: Samantha Kingston (Zoey Deutch) é uma jovem que tem tudo o que uma jovem pode desejar da vida.. No entanto, essa vida perfeita chega a um final abrupto e repentino no dia 12 de fevereiro, um dia que seria um dia como outro qualquer se não fosse o dia de sua morte. Porém, segundos antes de realmente morrer, ela terá a oportunidade de mudar a sua última semana e, talvez, o seu destino.
Duração: 1h 38min

 Samantha uma adolescente que tem tudo o que uma garota deseja, está prestes a se formar no ensino médio, e como é dia 12 de fevereiro dia dos namorados (nos EUA) planeja perder a virgindade com o seu namorado o Rob, que assim como ela, ele também é super popular. Ela vivencia esse dia normalmente, alguns planos não saem como o planejado, e ao final do dia ela sofre um acidente e morre (Não isso não é spoiler viu gente! Isso é o foco do filme mesmo hahaha). E na manhã seguinte ela acorda pensando que foi um sonho, mas ela aos poucos vai percebendo que é o mesmo dia, e o dia 12 vai se repetindo até ela descobrir o propósito disso e o que ela deve mudar.
Eu já tinha visto algumas pessoas comentando sobre esse filme assim quando lançou no cinema, todas elogiaram e falaram que se emocionaram e muito, então eu estava ansiosa para assistir, amo ver filmes que fazem chorar (principalmente quando estou na bad, porque já que estou triste, vamos chorar mais não é mesmo? hahaha). E assim que cliquei no play eu já comecei ficar encantada, a fotografia do filme que é bem tumblrzinha do jeito que amo, trilha sonora leve e divertida, e nos momentos certos transmite a tensão necessária. 
Meu único receio era em relação a repetição dos dias, porque isso em muitos casos podem nos deixar confusos, mas não foi o caso desse filme, dá para entender perfeitamente a repetição dos dias, e tudo o que a Samantha vai sentindo e mudando. Esse é mais um filme que nos faz pensar sobre a vida, e vocês sabem o quanto que amo isso em filmes. E o final é fácil de entender, e de se emocionar. Então vale a pensa assistir, vale a pena as lágrimas.


Filme que vi: O Espaço Entre Nós


Sinopse: O adolescente Gardner Elliot (Asa Butterfield) é o primeiro humano nascido em solo marciano. Mas ele deseja fazer uma viagem à Terra para conhecer a verdade sobre seu pai biológico, e sobre seu nascimento. Nesta jornada, ele tem o apoio de Tulsa (Britt Robertson).
Duração:2h01min
Sarah Elliot com toda sua coragem viaja para marte em uma missão para que possa fazer de Marte um planeta habitável, o que ninguém esperava era que ela estava grávida, e com isso veio toda a preocupação de como seria a gravidez, o parto e também como seria a vida do bebê. A gravidez foi tranquila, o parto teve complicações e o Gardner é o primeiro ser humano a nascer em marte. Mas nascer em Marte tem as suas desvantagens, pela questão da gravidade e pressão atmosférica o seu corpo não reage normalmente aqui na terra, e essa é a maior vontade de Gardner, vir a Terra, um dos motivos é Tulsa, uma menina que ele entra em contato pela internet, e quando ele consegue aprovação para vim, ele se junta a Tulsa em busca de seu pai.
Sabe quando você sabe que o filme vai te conquistar só pelo nome e pela poster? Então, vi esse filme no catálogo da Netflix e fiquei ansiosa para assistir, lógico que com receio de ter criado tanta expectativa, mas não me decepcionei. Um filme com uma gama de sentimentos que consegue te transmitir cada um deles, me encantei com o Gardner e sua sensibilidade e me apaixonei pela Tulsa com sua personalidade marcante. Além da história incrível, e que inevitavelmente faz com que a gente reflita sobre a vida e sobre o amor.
E com uma fotografia e trilha sonora marcante, esse filme me prendeu do começo ao fim, e no final ainda conseguiu tirar algumas lágrimas. Esse é aquele filme que nunca vou cansar de assistir.