Livro que Li: Princesa Sob os Refletores, Meg Cabot


Sinopse: Depois de descobrir que é a única herdeira do trono de um pequeno país europeu, Mia ainda terá muitas surpresas antes de sua apresentação oficial ao povo de Genovia, no fim do ano. Como se não fosse suficiente ter lições de como ser princesa com sua impiedosa avó, a matriarca da família arranja uma entrevista na televisão para Mia, que se apavora com a ideia de falar para milhares de pessoas. O que uma como ela pode dizer? Mas o drama de Mia está apenas começando...
Não bastassem todas as confusões do seu dia a dia, ela é surpreendida por outra grande novidade: sua mãe anuncia que está esperando um filho do namorado, nada mais , nada menos que o professor de álgebra de Mia. Embora atordoada com a notícia, ela começa a gostar da ideia de um irmãozinho, exceto pelo fato da grande cerimônia de casamento que Grandmère começa a querer organizar para oficializar a união. Em meio a isso tudo, mais dor de cabeça: a chegada de sua outra avó, vinda direto do interior, trazendo a tiracolo o primo caipira de Mia.
Parece muito? Pois Mia vai arrancar os cabelos com as mensagens de um admirador secreto que ela torce que seja Michael, irmão de sua melhor amiga. O problema é que ela não pode confessar a sua quedinha por ele para ninguém e as mensagens ficam cada vez mais intrigantes. Para a princesa só resta esperar que o misterioso fã se identifique logo e que ela não enlouqueça com tanta confusão.
Nº de Páginas: 251
Editora: Galera Record
***
Neste segundo livro da série a leitura continua agradável e divertida, Meg cabot com seu jeitinho simples de escrever consegue nos prender a história. No primeiro livro Mia descobre que é uma princesa e não gosta muito da ideia, nesse ela continua a não gostar, as aulas com Grandmère continuam, e ela está começando a sentir a pressão de ir em dezembro (a história nesse livro se passa em outubro) para Genovia e ser apresentada com princesa. E para completar a sua mãe estar grávida de seu professor de álgebra e em uma entrevista ela acaba falando demais. E ela tem um admirador secreto.
A Mia nesse livro tem muito mais preocupações do que no primeiro, e a Grandmère não ajuda em nada, tem hora que me divirto com o diálogos das duas, mas em certos momentos eu acabo me irritando um pouco. A Mia deveria ser um pouco mais esperta, mas esse jeitinho dela acaba fazendo com que ela seja uma princesa de verdade.
Beijos!!!

Nenhum comentário

Postar um comentário